URUGUAY


SILVICULTURA E PASTOREIO DE GADO

ESTUDOS DE CASO

STORA ENSO

A pecuária está profundamente enraizada na cultura uruguaia, principalmente nas áreas rurais. A silvicultura cheio meio que recentemente, depois de ter sido identificada como uma prioridade de desenvolvimento estratégico no final dos anos 1980. Nos últimos anos, o desconforto do agricultor se tornou evidente em comunidades rurais após novos setores concorrentes colocarem em risco as práticas já estabelecidas e os valores culturais locais.

Os preços das terras foram aumentando, agravados pelo aumento do investimento estrangeiro em agricultura e silvicultura de grande escala. Com isso, aumenta o risco de limitar o acesso à terra aos pecuaristas tradicionais. 

A produtora de celulose Montes del Plata (MdP), uma joint venture entre a Arauco e a Stora Enso, formada em outubro de 2009, é um dos maiores proprietários de terras no Uruguai, com 264 mil hectares em todo o país. Longe de ver a silvicultura e a pecuária como setores concorrentes, a MdP percebeu o valor de administrar ativamente as sinergias entre elas, arrendando suas terras aos pecuaristas locais para que estas fossem utilizadas como pastagem. Leia mais.

Palavras-chave:

Comunidades locais / Trabalhos


 MAIS FOTOS

Aprendendo com o mundo real

O manejo responsável de plantações trouxe benefícios reais para as pessoas e a natureza. Estes estudos de caso demonstram como. 

Termo de responsabilidade: Embora a plataforma NGP reconheça os progressos no manejo de plantações apresentados nos estudos de caso, ela também reconhece que nem todos os aspectos do NGP são necessariamente utilizados nos exemplos. Para uma visão geral a respeito das práticas de manejo de plantações dos participantes, leia aqui.