BRAZIL


CERTIFICAÇÃO DE GRUPO PARA PEQUENOS PRODUTORES

ESTUDOS DE CASO

SUZANO

Além de administrar as suas próprias plantações, as fontes de madeira da Suzano Papel e Celulose vêm dos produtores locais (fomentadores). A maior fábrica da empresa fica em Mucuri, na Bahia, no sudeste do Brasil, e 424 produtores da região participam do programa de fomento. Juntos, eles respondem ??por 59 mil hectares de florestas plantadas e fornecem quase um quarto da madeira utilizada na fábrica.

O cultivo de árvores gera emprego e renda estável para os agricultores. Em 2011, as plantações geraram quatro vezes mais renda por hectare do que outras atividades, como pecuária e agricultura de pequena escala.

Em 2009, a Suzano iniciou um programa de certificação de fomentadores para garantir que seus parceiros apresentassem um bom manejo florestal. O programa foi um sucesso, mas o custo de certificação de uma única propriedade era muito alto, principalmente para os pequenos produtores. Por isso, em 2011, a empresa criou um programa de certificação de grupo voluntária para facilitar o processo e torná-lo financeiramente viável a pequenas e produtores de médio porte. Leia mais.

Palavras-chave:

Comunidades locais / Educação ambiental


 MAIS FOTOS

Aprendendo com o mundo real

O manejo responsável de plantações trouxe benefícios reais para as pessoas e a natureza. Estes estudos de caso demonstram como. 

Termo de responsabilidade: Embora a plataforma NGP reconheça os progressos no manejo de plantações apresentados nos estudos de caso, ela também reconhece que nem todos os aspectos do NGP são necessariamente utilizados nos exemplos. Para uma visão geral a respeito das práticas de manejo de plantações dos participantes, leia aqui.